ÚLTIMAS

Cristina Ferreira na SIC: Goucha faz primeira declaração

Manuel Luís Goucha falou sobre a saída de Cristina Ferreira da TVI. O apresentador não se quis alongar sobre o assunto mas afirmou que Cristina é o seu "grande amor televisivo".


Manuel Luís Goucha fez esta segunda-feira, 27 de Agosto, a primeira declaração pública sobre a saída de Cristina Ferreira da TVI. Mas não se quis alongar muito sobre o tema: "Eu ainda não disse nada, a Cristina não disse nada, não vou dizer nada esta semana, possivelmente falaremos disto para a semana" começou por dizer. Para o apresentador do "Você na TV", "não há justificação para que as pessoas entendam a mudança da Cristina como uma traição. A Cristina não traiu quem quer que fosse, muito menos a mim. Eu sabia de tudo o que se estava a passar ao longo dos 15 dias", referiu.

Mudança é a palavra chave para Manuel Luís Goucha. "Esta vida é uma vida de mudanças. A mudança é boa. A mudança é benéfica para quem a vai praticar e a vai cumprir, e para quem fica, porque vai obrigar a pessoa que fica, com toda a sua equipa, a um processo de renascimento, renovação e adaptação. Portanto não há traição alguma", reforçou, voltando a prometer esclarecimentos mais detalhados para "mais tarde".

O apresentador da TVI aproveitou ainda para garantir que vai continuar em Queluz "por bons anos", e reforçou que o "importante é perceberem que não há traição e que há amizade. O amor que eu tenho pela Cristina em nada foi beliscado. Só para que fiquem tranquilos nós falamos e diverti-mo-nos imenso diariamente".

O comunicador recordou também a sua mudança da RTP para a TVI: "Há 16 anos eu fiz o mesmo, não havia era redes sociais. Ainda bem! (risos) Eu fiz o mesmo quando sai da RTP para abraçar um desafio, que era um desafio diferente no mesmo horário, que era vir para a TVI".

A terminar, Manuel Luís Goucha voltou a frisar que "os desafios são para serem abraçados e a mudança, quando encarada desta forma, pode ser muito criativa. Portanto, devo confessar-vos, claro que me entristece não estar aqui ao lado da Cristina, mas eu acho que é desafiante. E se para ela é o desafio da vida dela, para mim é um grande desafio estar aqui convosco. Portanto, é pacífico.", concluiu.

Manuel Luís Goucha aproveitou a presença de Dora, que se encontrava no programa para um mini-concerto, e pediu para cantar o tema "A vida inteira não tem fim", que fez parte da banda sonora de Fascínios, dedicando-o a Cristina Ferreira: "A Cristina foi e será sempre para mim o grande amor da minha vida televisiva". Ainda antes da música começar, Goucha brincou e disse para Cristina chorar: "Oh Cristina, se estiveres a ver chora. Chora, Cristina, chora".

Recorde-se que no dia em que se soube da transferência de Cristina Ferreira, Manuel Luís Goucha já tinha postado uma imagem dos dois com a descrição "O nosso amor em nada se altera!".

Sem comentários